Notícias

Tudo sobre o mundo dos imóveis

O Bicho-Papão do Imobiliário

Existe pouco conhecimento, da parte de proprietários de imóveis, relativamente ao serviço de mediação ou consultoria imobiliária. A maioria das pessoas não quer sequer perceber, no entanto, uma coisa é certa: quando chega a altura de vender, todos querem a maior rentabilização, o mais rapidamente possível, e, de preferência, sem custos intermediários.

Antes de chegar à questão do EXCLUSIVO e COMISSÃO, gostava só de contextualizar o negócio de vender uma casa. Há que encarar a venda de um imóvel como um negócio, mas um negócio complexo. Não é a mesma coisa que vender um carro usado ou um móvel no OLX, existem regras legais para cumprir, ferramentas e bases de dados para chegar ao “valor de mercado” (que normalmente, apenas empresas da área têm acesso), os valores são muito elevados, as burocracias são exigentes, e todo o processo de venda pode ser bastante complexo, demorado, difícil e até stressante, para quem não está habituado. Por isso é que existem agências imobiliárias e por isso é que a profissão de agente/consultor/broker imobiliário (👤) existe.

O que um 👤 faz, aparentemente, é um trabalho fácil e que todos conseguimos fazer, com ferramentas como o Imovirtual, Casa Sapo, Idealista, entre outros. De seguida enumero alguns pontos que poucos “particulares” conseguem fazer sozinhos e que justificam, em vários sentidos, a contratação de um Agente Imobiliário

  1. análise de mercado
  2. boa descrição do imóvel
  3. preço adequado
  4. fotografias profissionais
  5. certificação energética
  6. promoção do imóvel
  7. acesso a base de dados de compradores
  8. acesso a rede de 👤
  9. gestão de contactos
  10. agendamento de visitas
  11. mostrar imóvel
  12. receber propostas
  13. negociar propostas
  14. burocracia
  15. contrato promessa
  16. escritura
  17. fim do negócio

Por vezes, o melhor é trabalhar com profissionais da área, mesmo. O melhor do negócio é que só paga comissão quando e se vender a casa; não perde tempo; e não tem de passar o dia todo a atender chamadas (a maior parte delas, de Imobiliárioas).

EXCLUSIVO

O que é um Exclusivo na mediação imobiliária?

Esta é a pergunta que todos  gostariam de ouvir e responder, no entanto, quando se fala de exclusivo (ou mesmo sem falar disso), a primeira coisa que a pessoa diz é “Não quero/ Não dou Exclusivo”. A pergunta que o Agente Imobiliário devia fazer, mas não faz, para não parecer incorreto é: “Mas sabe como funciona e o que significa um Exclusivo?”. A resposta normalmente é “não” ou uma noção pouco conhecedora do tema.

Um Exclusivo é um contrato entre o(s) proprietário(s) e a agência imobiliária, em que o primeiro concede ao segundo o direito de promover o imóvel em exclusivo, passando a ser esta, a única entidade com autorização para comercializar o imóvel em questão.

Disclaimer: Este contrato não invalida nem proibe nenhum profissional imobiliário (de qualquer agência) de apresentar uma proposta de compra, em nome dos seus clientes (a agência contratada pode não querer partilhar o negócio com algumas agências, mas isso é outro tema).

Este contrato não invalida nem proíbe nenhum consultor de apresentar uma proposta de compra, em nome dos seus clientes

VANTAGENS DO EXCLUSIVO

1. Um único interlocutor

Com Exclusivo, o cliente só fala com uma pessoa, facilitando a comunicação e a compreensão de como corre a promoção, como otimizar o negócio, quantas visitas houve, propostas, etc.

2. Foco do Consultor Imobiliario

Com Exclusivo, o foco do Consultor Imobiliário  será vender o mais rapidamente, pelo melhor valor possível, negociando e defendendo os interesses do seu cliente: o proprietário. Sem Exclusivo (em Aberto), o cliente é o comprador, por isso o  Consultor/ Vendedor, vai tentar negociar o valor do imóvel (normalmente para baixo) e não existe nenhum compromisso de tempo, sendo que existem outros negócios prioritários (imóveis exclusivos em carteira) que merecem maior dedicação de tempo.

3. Partilha

Com Exclusivo, a divulgação do negócio será feita sem constrangimentos, enquanto que em Aberto, a promoção será tímida, limitando obviamente a partilha e o alcance do imóvel, principalmente quando se trata de agências mais pequenas.

4. Rede

Com Exclusivo, um 👤 partilha com a sua rede o negócio que tem em mãos. Sem Exclusivo, não faz sentido partilhar internamente, porque o trabalho será praticamente todo da responsabilidade de quem arranja o comprador.

5. Investimento

Com Exclusivo, o Consultor/ Vendedor, pode investir dinheiro em material promocional, sem se preocupar se amanhã o imóvel é vendido, e perde esse investimento. Sem Exclusivo, o Consultor vai gastar o menos possível e usar as mesmas ferramentas que todo o mundo tem acesso, sem se distinguir nem destacar dos outros.

Vantagens do Exclusivo: um único interlocutor, foco, partilha, rede,  investimento

 COMISSÃO

Qual é a Comissão habitual deste tipo de serviço?

A comissão normal são 5% ou 6%. Há quem faça mais, há quem faça menos, mas estas são as percentagens habituais em Portugal.

O negócio pode ser dividido e partilhado em duas partes iguais (2,5%/2,5% ou 3%/3%), sendo que a primeira metade é para o agente que tem a angariação (o contrato com o proprietário) e a segunda para quem consegue o comprador. Se considerarmos tudo o que foi referido anteriormente, estas percentagens são convertidas em valores adequados a todo o trabalho que é feito.

Mais ainda, segundo as estatísticas, sem mediação, os imóveis acabam sempre por ser negociados e vendidos bem abaixo dos 6%, ou seja, o proprietário fica sempre a ganhar com a ajuda de um agente imobiliário.
Resumindo,Tem uma casa para vender? Contrate um Agente Imobiliário